Sobre o Grupo Consciência Viva

 O grupo de estudos Consciência Viva tem como objetivos primordiais a educação socioambiental, a formação de uma nova consciência humana, a melhoria na relação do homem  com a vida, com a educação e o meio ambiente, visando a preservação do planeta Terra, incluindo todas as formas viventes da biosfera.

Atuamos desde 2006, com o antigo nome Guardiões de Gaia, pesquisando e realizando palestras para todos os setores da sociedade, levando informações atuais sobre as mudanças que o planeta sofre causadas por nosso descuido e desinformação.

 

Atuamos através da Educação Ambiental e divulgando o vegetarianismo/veganismo em palestras e campanhas socioambientais

 

Informações: ong.conscienciaviva@gmail.com

cropped-capasite2.jpg

 

8 comentários sobre “Sobre o Grupo Consciência Viva

  1. Meu nome é Benedito e sou vegetariano estrito. Minha dificuldade é porque não faço uso da soja, pois já vi vários comentários e alguns artigos dizendo que a soja, inclusive, o leite faz mal para o homem, pois contem hormônio feminino!!!
    Respondam-me por favor se isso é verdade mesmo ou é apenas boato dos ignorantes e maldosos…
    Obrigado

    Benedito

    • Boa tarde.
      Veja se este artigo lhe ajuda
      Soja pode afetar fertilidade do homem, diz estudo 24 de julho de 2008 • 10h29 • atualizado às 11h04
      Notícias
      imprimir
      reduzir tamanho da fontetamanho de fonte normalaumentar tamanho da fonte

      O consumo diário de meia porção de produtos de soja reduz a concentração de esperma e pode afetar a fertilidade dos homens, principalmente dos obesos, segundo um estudo publicado hoje pela revista “Human Reproduction”.
      “Houve muito interesse no estrogênio e nas isoflavonas em particular, e sua possível relação com a fertilidade e outros transtornos reprodutivos”, afirmou o pesquisador Jorge Chavarro, do departamento de Nutrição na Escola de Saúde Pública de Harvard (Estados Unidos).

      Chavarro é co-autor do livro “The Fertility Diet” (“A dieta da fertilidade”), focado especialmente para as mulheres, e que recomenda uma dieta específica para aumentar as chances de gravidez.

      No novo estudo, Chavarro afirma que não está muito clara a relação entre a soja e a contagem de espermatozóides, mas acredita que o grão aumenta a atividade de estrogênio, hormônio que pode ter efeito negativo sobre a produção de gametas masculinos.

      A pesquisa em animais mostrou que as isoflavonas e o estrogênio podem ter efeito negativo sobre a reprodução, destacou Chavarro, que acrescenta que havia poucas provas da forma como essas conclusões se aplicam aos humanos.

      Sua nova pesquisa sustenta a hipótese da forma como os resultados dos estudos com animais poderiam se aplicar aos humanos. Mesmo assim, Chavarro considera que seus resultados são preliminares e não conclusivos.

      “É muito cedo para dizer que não se deve consumir alimentos à base de soja (…) Por enquanto, não se deve se preocupar sobre se está consumindo muita soja. Não há informação suficiente para afirmar isso de maneira conclusiva”, disse.

      Para o estudo, Chavarro e seus colegas colheram dados sobre 99 homens que fizeram exames em uma clínica de fertilidade. A esses homens perguntou-se quanto tinham consumido de 15 alimentos de soja nos últimos três meses.

      A lista inclui tofu, embutidos de soja, toucinho e hambúrgueres de soja, leite de soja, queijo, iogurte, sorvete e outros produtos.

      A equipe de Chavarro descobriu que os homens que tinham consumido mais alimentos de soja tinham 41 milhões de espermatozóides a menos por mililitro de sêmen do que os que não consumiam o grão.

      A contagem normal de espermatozóides está entre 80 milhões e 120 milhões por mililitro.

      Além disso, os pesquisadores concluíram que a relação entre soja e concentração de esperma era maior nos homens com excesso de peso e nos obesos, já que estes produzem mais estrogênio que os homens mais magros, e a soja poderia aumentar ainda mais esses níveis de estrogênio, destacaram.

      • Creio que o uso moderado não nos afeta.
        Caso o consumo seja diário e excessivo pode acarretar algum efeito mas mesmo assim, não são em todos os homens, mas são raros os casos.

        Pode consumir!
        Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s